Deputado Salmito (PDT) qualifica o debate na AL em seu primeiro pronunciamento.


Ele destaca três conceitos – o povo, o território e a cultura política cearenses – que servirão de alicerce para a apresentação de idéias exequíveis, gerando oportunidades produtivas e de direitos em seu mandato parlamentar, na relação com os demais deputados e com o governo do Estado.

Com fundamentação científica, o deputado Salmito faz sua estréia no Plenário 13 de Maio, nesta sexta-feira (08/02), caracterizando, em linhas gerais, quem é a civilização cearense, quais as origens do povoamento, qual o perfil antropológico construído ao longo dos séculos que deu origem à população cearense na relação com o seu território, a partir das adversidades impostas pela natureza geográfica do Estado do Ceará. E ainda, quais as origens do povoamento, sendo portanto o cearense povo desenvolto, trabalhador e empreendedor.

“A partir desses três conceitos -povo, território e cultura política – estarei alicerçando o nosso trabalho como deputado, com ideias exequíveis, para servir cada vez mais a população cearense com oportunidades produtivas e oportunidades de direitos”, afirma.

O parlamentar ressaltou que uma de suas prioridades será trabalhar a região metropolitana de Fortaleza e as demais macrorregiões do Estado, tendo a seca (fenômeno geográfico inerente ao nosso semiárido) como aliada estratégica.

Segundo o deputado, os detalhes dessas ideias serão apresentados nos próximos pronunciamentos e ressalta que espera contar com a contribuição dos demais deputados, da sociedade civil cearense e do governo do Estado do Ceará.

Ao destacar os conceitos povo, território e cultura política, o parlamentar fundamentou citando os renomados cientistas sociais: Parsifal Barroso , com a obra “O Cearense” ; Celso Furtado, com a obra clássica “Formação Econômica do Brasil” e Josênio Parente , com o seu livro “A fé e a Razão na Política”, tese de doutorado em Ciência Política na USP. Salmito citou como exemplos de líderes políticos com posturas modernas, da modernidade política acima da média da cultura política nacional, os ex-governadores Virgílio Távora, Tasso Jereissati, Ciro Gomes, Cid Gomes e o atual governador Camilo Santana.

“Esses três conceitos concatenados – povo, território e cultura política- vão nos levar a ideias exequíveis a partir de uma cultura de planejamento de projetos estruturantes a serem desenvolvidos”, destacou.

No final, o deputado Salmito recebeu os cumprimentos elogiosos por sua fala que, conforme os deputados Evandro Leitão (PDT), Queiroz Filho( PDT) e Dr. Carlos Felipe(PCdoB), elevam o nível dos debates na Casa.