Foi realizada na manhã desta quinta-feira, 16/05, a primeira reunião da Comissão Especial de Desenvolvimento das Regiões de Planejamento do Estado do Ceará, no Complexo das Comissões, na Assembleia Legislativa do Ceará.

Na ocasião, os parlamentares discutiram pontos importantes para a construção de uma metodologia de trabalho para a referida comissão. “Começamos a trabalhar a definição de uma metodologia que iremos utilizar nos próximos 12 meses. Acertamos, também, que teremos um olhar técnico para não termos somente um olhar político”, disse o presidente da Comissão, deputado Salmito (PDT).

Segundo ele, serão convidados às reuniões técnicos do Instituto de Pesquisa e Estratégia do Ceará/IPECE e da Plataforma de Planejamento Ceará 2050 para apresentação de dados e informações.

Um outro ponto discutido foi a realização de audiências públicas em cada uma das 14 regiões do Ceará. “É importante ouvirmos prefeitos, vereadores, representantes da sociedade civil e a população em geral dos municípios de cada região. Queremos contribuir, a partir do desenvolvimento regional, com melhores serviços prestados à população, economizando recursos públicos”, ressaltou Salmito.

Participaram dessa primeira reunião os deputados Audic Mota (PSB), Carlos Felipe (PCdoB), Guilherme Landin(PDT), Nezinho Farias (PDT), Nelinho (PSDB) e Romeu Aldigueri (PDT), além do presidente Salmito (PDT).

Confira todos os pontos abordados:

1- Definição do cronograma.

2- Plano estratégico de desenvolvimento regional para cada uma das 14 regiões de planejamento.

3- Construir um plano de trabalho, onde cada deputado possa ficar responsável por uma parte do planejamento.

4- Ouvir a população e as lideranças políticas de cada região, através de audiências públicas.

5- Obter um diagnóstico técnico para cada uma das regiões de planejamento.

6- Construção de um marco regulatório.

7- Levantar os dados dos recursos investidos pelo Governo do Estado em cada região. 

8- Verificar a condição do acesso à água nas comunidades das regiões.

9- Convidar um representante do Instituto de Pesquisa e  Estratégia Econômica do Ceará (Ipece) para fazer uma apresentação técnica na referida comissão especial. 

10- Convidar um representante de O Ceará 2050 – que é uma plataforma colaborativa de planejamento estratégico de longo prazo -,  para fazer uma apresentação técnica à referida comissão especial.